• cc1
  • cc
  • cc2
  • cc3

Websérie brasileira mostra a vida de quem largou tudo e foi viver o sonho

Websérie brasileira mostra a vida de quem largou tudo e foi viver o sonho

O projeto Continue Curioso retrata a vida de pessoas que levam a vida de maneira muito pouco convencional. A maioria dos personagens retratados na websérie documental largaram empregos e carreiras muito promissoras (no sentido financeiro e do que se espera em um plano de vida tradicional) para arriscar fazer o que gostam – e como resultado talvez não tenham ganhando tanto dinheiro quanto poderiam, mas se tornaram pessoas mais felizes.

São chefs de cozinha, músicos, agricultores, blogueiros… as carreiras atuais dos retratados são as mais diversas, mas com o mesmo resultado: fizeram as pessoas mais livres e felizes para serem elas mesmas.

Criado por Juliana Mendonça Siqueira e Cristiane Schmidt, ambas de 26 anos e que também largaram suas “carreiras promissoras” para buscar maneiras alternativas de trabalhar e ganhar dinheiro. Os vídeos são bastante inspiradores e até perigosos para quem está precisando de um empurrãozinho para mudar de vida.

A mensagem que o Continue Curioso quer passar (além do próprio apelo à curiosidade de todos) se resume à ultima frase do vídeo de divulgação do projeto: “Tenta, a vida é uma só”.

Para se inscrever ou indicar alguém para participar e ser retratado no projeto, basta preencher o formulário. Os vídeos e ilustrações de histórias de vida estão disponíveis no site e também em um canal de youtube. Toda segunda feira as organizadoras prometem uma história nova – enquanto durar o projeto.

Insight Da Vinci: Esse projeto, assim como outros que tem surgido nos últimos meses na websfera brasileira, são mais um sinal a confirmar o imperativo da felicidade. Ou você ainda não percebeu que de todos os lados estão chegando mensagens relacionadas à possibilidade de sermos felizes aqui e agora? Ainda este mês os líderes mundiais vão se reunir em Nova Iorque para rediscutir os Objetivos do Milênio. O pesquisador Christian Kroll, em artigo no Guardian, afirma que um dos temas mais quentes dos últimos 10 anos e que deve aparecer nos debates é a Economia da Felicidade. As discussões devem utilizar como insumo o relatório sobre a felicidade mundial lançado pela ONU no ano passado, além de outras pesquisas como a do próprio Christian Kroll, que entrevistou mais de 100 mil pessoas de 70 países.

Comentários

  1. e quem não sabe, mesmo, menor idéia, do que querem ou gostariam de fazer? não tem nem por onde começar? não é nem ter medo de fazer algo, mas por não ter um algo pra fazer? e aí?? o.O

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>