• 251111_1
  • 251111_2
  • 251111_3

Uma lente de contato que pode mudar o mundo

Imagine poder ler e-mails sem a ajuda de nenhuma tela, obter instruções de navegação na estrada projetadas no para-brisa do carro ou até mesmo enxergar além do raio de alcance de sua visão. O que parece sinopse de um filme de ficção científica é, na verdade, parte dos benefícios proporcionados por uma nova geração de lentes de contato, capazes de projetar imagens e obter dados através da internet, desenvolvidas pela Universidade de Washington. Os protótipos passaram por uma primeira fase de testes e agora os cientistas se preparam para uma nova etapa. Os maiores desafios no desenvolvimento do produto final são relacionados aos materiais utilizados e à fonte de energia. As lentes convencionais são feitas de material muito delicado, principalmente por estar em contato direto com os olhos. As lentes biônicas são desenvolvidas com camadas de metal (de aproximadamente um centésimo da espessura de um fio de cabelo) compondo os microcircuitos. E por isso ainda levanta dúvidas em relação aos efeitos que podem surgir da interação desses materiais com uma área tão sensível do corpo humano. A outra questão é que, até então, os testes realizados envolveram uma fonte de energia sem fio a poucos centímetros das lentes, o que exige mais pesquisa em torno de outras possibilidades de alimentação dos circuitos. Agora é esperar o resultado dos próximos testes e começar a imaginar todas as aplicações dessa novidade.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>