• bewifi
  • bewifi2

Que tal usar o wifi do vizinho enquanto ele não estiver usando?

Nem sempre usamos 100% da capacidade da nossa internet – e que tal compartilhá-la enquanto você não precisa dela? O BeWifi é uma tecnologia desenvolvida pela Telefônica, agora em fase de testes, que serve exatamente para isso.

BeWifi funciona como uma rede de compartilhamento de internet, com a ressalva que apenas quando ela não está sendo usada por um dos pontos é que pode ser redistribuída para os outros em necessidade. Imagine que você sempre usa a internet à noite para ver filmes no Netflix, enquanto seus vizinhos vão dormir cedo, mas usam muito o skype durante a tarde – quando você está no trabalho. Dessa forma, vocês poderiam distribuir a internet entre todos, fazendo com que ela fique mais rápida quando você mais precisa – e sem gastar nada a mais por isso.

Veja como ele funciona:

O mais importante nessa transferência de megabytes é a segurança – como assegurar que os seus vizinhos iráo acessar sua rede sem comprometer seus dados salvos em rede? Ou que roube totalmente sua internet quando você precisa dela? O BeWifi oferece isso (ou pelo menos promete). Hoje em dia, enquanto é testado, ele é um aparelhinho instalado por engenheiros da Telefônica. Mas logo ele poderá evoluir para um dispositivo “plug and play” (uma traquitana que você compra na loja e conecta ao roteador sem precisar de ajuda) – e a empresa projeta que, no futuro, a tecnologia já virá instalada em todos os roteadores.

Insight Da Vinci: Quantos dos seus bens de consumo estão ociosos agora? Consumimos muitas coisas das quais, na realidade, precisamos muito pouco. Quantas vezes você utilizou o martelo da sua caixa de ferramentas no último ano? Em 2014 o acesso continuará se tornando mais importante do que a propriedade. Você pode usufruir de um bem, sem necessariamente tê-lo. É nessa lógica que vem o BeWifi e também um outro exemplo que demos aqui, de carros que ao invés de serem estacionados no aeroporto durante as viagens dos seus proprietários, ficam disponíveis para locação. Pense aí: o que mais poderia seguir essa lógica?

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>