• bem1
  • bem2

Procura-se benfeitores

O mundo está se transformando através das mãos de pessoas que acreditam em negócios que geram valor e não necessariamente lucro. Quem diria há alguns anos que pessoas unidas em torno de um propósito, seja qual for, seriam capazes de captar recursos para fazer o que talvez apenas o governo ou empresas teriam capital para fazer? O crowdfunding, sem dúvida, é uma ferramenta que está moldando um novo mundo e colocando o coletivo como protagonista. No Brasil vários são os exemplos, sendo que um deles sempre chamou nossa atenção, por ir ainda mais longe. A Benfeitoria, que acaba de fazer uma convocação para novos projetos, é uma plataforma de crowdfunding para projetos que visam o interesse coletivo e gerem impacto positivo. É isso mesmo, crowdfunding e empreendedorismo social juntos. Para explicar um pouco melhor para você, convidamos o Dorly Neto, um dos responsáveis pela Benfeitoria, para uma entrevista.

Dorly, você poderia explicar brevemente aos leitores do Da Vinci o que é a Benfeitoria?

A Benfeitoria é empreendimento social que nasceu para fomentar uma cultura mais colaborativa e humana no Brasil. Disponibilizamos gratuitamente consultorias e ferramentas online para facilitar o engajamento de pessoas e a mobilização de recursos (financeiros ou não) para projetos transformadores.

Tudo isso através de um site, que une financiamento coletivo (crowdfunding) com outras dinâmicas de engajamento não-financeiros (crowdsourcing), sem cobrar comissão – o primeiro do mundo nesse modelo!

Quais são os critérios para que os projetos sejam selecionados?

1) Perfil do projeto: devem ser iniciativas que tenham interesse coletivo e se proponham a gerar impacto positivo – independente do tema.

2) Disponibilidade do realizador do projeto de preparar o material necessário: vídeo, texto, recompensas e tempo para se dedicar à campanha de crowdfunding.

3) Potencial do projeto de ser viabilizado via crowdfunding: uma avaliação caso a caso que fazemos para ver se o mix de relevância, credibilidade e potencial de divulgação são coerentes com os objetivos de arrecadação do projeto e se, de fato, se beneficiam da dinâmica da plataforma (oferecer recompensas e prometer a devolução do dinheiro é extremamente poderoso para mobilizar recursos, mas nem sempre faz sentido para a natureza do projeto, ainda que extremamente benfeitor, como no caso de arrecadação para ajudar vítimas de catástrofes).

Qual o nível de envolvimento de vocês com os projetos aprovados?

Nosso maior envolvimento é na fase de preparação da campanha de crowdfunding. Se o projeto atende aos nossos critérios de seleção, prestamos uma consultoria gratuita para ajudá-lo a preparar e divulgar sua campanha de arrecadação (dicas e instruções sobre formatação do vídeo, texto, recompensas, mobilização, etc)

No entanto, a divulgação da campanha para mobilizar recursos e a própria realização do projeto é responsabilidade exclusiva do realizador do projeto, assim como a entrega das recompensas prometidas. Nosso papel é criar o ambiente para que as pessoas possam colaborar de forma clara e confiável – o que significa, além de ter o site funcionando, estar disponível para tirar dúvidas de colaboradores e de fazer o estorno das colaborações, caso o projeto não alcance sua meta.

Qual o perfil dos projetos que fizeram mais sucesso na plataforma de crowdfunding?

Já ajudamos a viabilizar diversos projetos, dos mais variados tamanhos. Porém, o que há de comum em todos é ter interesse coletivo e se propor a gerar um bem comum. Temas como educação, empreendedorismo social, arte e cultura, tecnologias transformadoras e inovação social sempre possuem essa motivação coletiva.

Dentre eles, os projetos que fazem mais sucesso são aqueles cujos realizadores de fato se dedicam para a mobilização da sua rede. Já houve projetos muito relevantes e bem apresentados que não foram bem sucedidos por falta de empenho na captação.

Você daria alguma dica para alguém que tem uma ideia e acaba de ver na Benfeitoria uma oportunidade de torná-la realidade?

Sim! Acesse nosso site para entender melhor a dinâmica e, se achar que seu projeto pode ser viabilizado dessa forma, nos envie um resumo do projeto pelo nosso breve formulário. Vamos analisá-lo com cuidado e retornaremos em até 5 dias com todas as dicas para que o projeto possa ser publicado na plataforma.

A Benfeitoria, assim como os projetos que ela acolhe, é um projeto transformador. O que te levou a deixar o jornalismo e mergulhar de cabeça nessa nova história?

Largar meu caminho até então natural na comunicação social e me juntar à Benfeitoria não foi um passo difícil, pois minha construção de vida sempre foi baseada em ajudar o outro. Assim que conheci a proposta, me identifiquei e quis fazer parte, me juntando ao casal que fundou a plataforma 3 meses antes, Tati e Murilo.

A Benfeitoria também é uma mudança de rumo da carreira deles, que largaram a carreira de marketing em uma multinacional para se dedicar a facilitar a colaboração entre pessoas. Aqui, brincamos que a Benfeitoria teve 2 cofundadores, mas hoje tem 7 cocriadores – todos igualmente fascinados com as possibilidades dessa nova economia e dedicadas à certeza de que podem ser (e estimular) a mudança que querem ver no mundo.

Para você, como o brasileiro vê o empreendedorismo social?

Com bons olhos, no sentido de que em nosso país há diversas oportunidades neste setor. E também, hoje em dia, muitas pessoas estão percebendo que é possível ganhar dinheiro e fazer a diferença; não é mais preciso optar por um ou por outro.

O que as empresas tem a aprender com esse novo modelo?

As empresas criaram mecanismos de distribuição e marketing que fazem qualquer produto rodar o mundo de uma forma bem barata e gerando interesse nas pessoas. Por que não o próximo passo não é a criação de produtos e serviços que realmente importam e sejam transformadores?

Uma pergunta que não fizemos e que você gostaria de responder?

Pode ser duas? Como funciona a dinâmica de crowdfunding? Como a plataforma se sustenta financeiramente, se não cobra comissão?

Como funciona?

A dinâmica de financiamento coletivo, que já mobilizou quase 1 bilhão de dólares para projetos no mundo todo, é a evolução da nossa boa e velha vaquinha: parte de várias pessoas contribuindo com o que podem para viabilizar algo que não seria possível (ou tão poderoso) individualmente. O formato, porém, é bem mais envolvente, pois oferece recompensas criativas para os colaboradores e garante a devolução do dinheiro, caso o valor necessário não seja atingido dentro do prazo. Assim, ou todos ganham ou ninguém perde.

O segredo de sucesso dessa dinâmica pelo mundo está atrelado, sem dúvida, a essas regras especiais. Enquanto ‘tudo ou nada’ gera urgência para o projeto – e urgência mobiliza –, oferecer recompensas não só estimula a colaboração, como traz o foco da campanha para a potência que quem arrecada – e não para a carência.

Qual o modelo de negócio?

Chamado de two-sided social business, o modelo proposto pela Benfeitoria é uma mistura do modelo do Facebook (two-sided) com o de negócios sociais (quando há geração de lucro, mas este é revertido para aumentar o impacto do negócio).

Ou seja: a principal forma de geração de receita da Benfeitoria, assim como a do Facebook, não vem da sua atividade principal, mas de um modelo paralelo e interdependente. O facebook, além de uma rede social gratuita, também é uma empresa de dados para anunciantes. Da mesma forma, a Benfeitoria, além de uma plataforma de crowdfunding gratuita, também é uma consultoria de inovação social para empresas que querem deixar um legado – em ações especiais dentro ou fora da plataforma.

Já as investidas em divulgação da plataforma são financiadas pela própria comunidade, que, ao colaborar com um projeto, é convidada a contribuir também com a Benfeitoria – o que gera o equivalente a 4% de arrecadação em colaborações voluntárias, muito similar à taxa obrigatória cobrada por algumas plataformas de crowdfunding.

Foi dessa forma que o primeiro vídeo de convocação da Benfeitoria foi realizado. Mais do que apresentar a plataforma, o vídeo explica o contexto por trás do seu funcionamento, convidando as pessoas para uma nova economia – wikinomia, nome do blog que a Benfeitoria mantém sobre o assunto.

Insight Da Vinci: A Benfeitoria hoje é a plataforma de crowdfunding com maior taxa de sucesso do Brasil, com cerca de 70% dos projetos bem-sucedidos. Confira a convocação no site e aproveite a oportunidade para iniciar ou impulsionar o seu negócio social. ;)

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>