• carro

O futuro do transporte público é autônomo e sem motorista

Os carros autodirigidos já são pauta no mundo todo, mas a realidade ainda não alcançou as expectativas. O próprio Google afirmou que seus famosos protótipos precisam “aprender a conduzir como humanos”, já que a forma como “seus robôs” dirigem ainda é muito arriscada para compartilhar as rodovias convencionais.

Parece que na Holanda a história já é diferente. Um sistema de ônibus sem motorista apresenta o que pode ser o futuro (talvez muito próximo) do transporte público. O experimento WEpods é composto por veículos movidos à eletricidade, sem faixas de trânsito exclusivas – ao contrário dos sistemas de transporte autônomos atualmente em uso em alguns países. O WEpods vai, no início de maio, começar a rodar dois micro-ônibus nas mesmas estradas utilizadas por motoristas humanos. Entenda os detalhes do projeto e por onde ele vai circular:

Projetado e aprovado para rodar em pouco menos de dois anos, o sistema WEpods custou 3,4 milhões de euros. A tecnologia, financiada pelo governo holandês, será disponibilizada como um projeto opensource, o que significa que estará disponível para outras empresas e municípios adaptarem e utilizarem (Rotterdam, Amsterdam e Bruxelas já manifestaram interesse).

Vejam só a ironia: o Google foi chamado para as conversas, mas recusou-se a colaborar e trocar conhecimento sobre sua tecnologia de condução autônoma. Os cientistas europeus acabaram criando uma própria. Pode tirar as mãos do volante e bater palmas!

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>