• tape

Insight Da Vinci: O Dia Internacional da Fita Cassete

Enquanto no Brasil estamos comemorando o dia em que Pedro I soltou a voz e liberou o país do domínio português, o resto do mundo celebra a fitinha magnética que completa 50 anos em 2013. Te parece algo saudosista? Não é. O Da Vinci não mudou de foco e continua falando de tendências e inovação.

O primeiro dia do cassete é na verdade o Dia Internacional das Lojas de Cassete, evento inspirado no Dia Anual da Lojas de Disco. Em 9 países e mais de 20 cidades, as lojas estão promovendo eventos comemorativos com DJs, participação de bandas e audição de mixtapes produzidas pelo público. Além disso, estão sendo lançados álbuns exclusivos no formato k7 e outros estão sendo relançados especialmente nas fitinhas magnéticas, caso dos álbuns das bandas Flaming Lips, Deerhunter e Fucked Up.

Em uma discussão recente no Reddit (um dos maiores sites da internet no mundo e que abriga comunidades de fóruns de discussão) sobre o tema, um dos usuários nos deu uma pista do porquê a volta das fitas cassetes. “Bluesmojo” disse que não tem muito a ver com uma modinha de hipsters e sim algo sobre comunidades, um valor, segundo ele, que sobreviveu em grupos que nunca deixaram de utilizar o artefato, como o punk e o metal. O cassete para ele representa “uma coleção das suas músicas favoritas confeccionada por você mesmo”.

Percebe que apenas no último parágrafo falamos de valores totalmente compatíveis com o espírito do tempo em que vivemos? Comunidade, personalização, “faça você mesmo” e materialidade. Há ainda a imperfeição relacionada à mídia, seja pela qualidade do áudio ou pelo fato das gravações serem feitas manualmente, sem muita precisão. Além de tudo isso, é claro, temos o reforço da retromania, a mesma tendência que trouxe os vinis de volta. Com dois detalhes: as fitas são mais baratas que os vinis e tem um potencial de mobilidade maior.

No Brasil, já encontramos um sinal da volta do cassete: a Gradiente vai relançar até o final do ano o icônico e colorido “Meu Primeiro Gradiente”. Quem sabe não é esse o retorno das fitas? Recuperem seus Walkmans.

Para saber mais, selecionamos para você alguns artigos que falam sobre o assunto:
Exame

Reddit

Mortherboard

The Guardian

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>