• carroimpressora

Impressoras 3D e mini-robôs expandem os limites da engenharia

As impressoras 3D já estão em todas. É possível comprar uma para ter em casa, construir estruturas no ar, imprimir armas, brinquedos, móveis, mais impressoras e até carros.

De olho nas possibilidades visuais que as impressoras podem criar, a Local Motors está testando um carro projetado para ser produzido com impressoras 3D. A empresa abriu um concurso e chamou designers para enviarem seus projetos. E este mês anunciou o ganhador. Construído usando um outro carro como base (aproveitando seu motor e bateria), o veículo premiado é elétrico e baseado em sugestões da comunidade online da marca. O produto final, que será produzido e lançado, será baseado principalmente no projeto vencedor, no entanto, incorporará elementos de outros projetos enviados.

Enquanto isso, dentro do laboratório, pesquisadores do Lawrence Livermore National Laboratory em parceria com o MIT, usaram uma impressora 3D para criar uma nova estrutura dura e resistente que não pesa quase nada. As microestruturas foram criadas com impressoras que usam laseres e materiais sensíveis a fótons. Entenda melhor com o vídeo:

Esse material microarquitetado pela impressora pode ser usado para construir carros, aviões e espaçonaves, entre outras milhares de possibilidades. Ele parece “fumaça congelada”, de tão leve, mas pode sustentar até 160 mil vezes mais quilos do que seu peso!

Quais são os limites das impressoras 3D? Críticos reclamam que elas precisam ser muito grandes quando precisam criar grandes estruturas – como casas, por exemplo.

É aí que entram os micro-robôs construtores (já falamos sobre eles aqui). O Instituto de Arquitetura Avançada da Cataluña, em Barcelona, está desenvolvendo pequenos robôs que executam diversas funções, desde corte de materiais, escavação da fundação do edifício e elevação de paredes – tudo sem contato humano.

Essas pequenas máquinas poderão tornar as obras mais seguras e também mais ousadas, além de desperdiçarem menos material, pois eles não precisam de andaimes e outras estruturas de suporte e transporte.

Como se vê, de impressoras a micro-robôs, a tecnologia promete revolucionar o mundo dos engenheiros nos próximos anos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>