• if2

Fundador da EA Games cria jogo para ensinar crianças a lidar com seus sentimentos

Trip Hawkins, criador da EA Games (dos jogos The Sims, Fifa, Sonic, Need for Spped, entre outros), está desenvolvendo um video game com o objetivo de combater o bullying pela raiz. O jogo “IF…” (em português “Se…”), desenvolvido para iPad, pretende ensinar crianças de 6 a 12 anos a lidar com seus sentimentos. No jogo, a criança começa sendo um personagem animal humanizado que passa por situações em que tem que se colocar no lugar de outras personagens. No desenrolar do enredo, ela deve tomar decisões com base em valores morais e ter compaixão com os outros para passar de fase.

O objetivo de Hawkins é contribuir para a educação de crianças ensinando lições que geralmente não estão presentes no currículo escolar: o desenvolvimento social e emocional. “O materialismo não te faz feliz, mas a compaixão faz. É algo que você quer como pilar central da sua vida. Este é o ponto fundamental do aprendizado emocional e social. É trocar seu sistema de valores do materialismo para a compaixão”, disse Hawkins em entrevista à VentureBeat.

“IF…” se passa em um mundo de fantasia onde “gatos” e “cachorros” humanizados não se dão bem. O objetivo final do jogo é unir as duas facções por laços de amizade e compaixão. Há também uma tribo de seres chamada “Vim”, que possui um tipo de energia espiritual. Para obter essa energia é preciso ser legal com os Vim e se tornar amigo deles para que eles lhe acompanhem e lhe emprestem sua energia positiva.

Os capítulos são separados por lições sobre o que são as emoções, como reconhecer o que o outro está sentindo, como um conflito pode aumentar de tamanho com o tempo e quais são as ferramentas para resolvê-lo, como discordar de alguém sem brigar e outras situações específicas sobre bullying.

O jogo será lançado pela nova empresa de games de Hawkins, chamada “If You Can”, cujo primeiro produto é o “IF…” – ainda sem data para lançamento.

Insight Da Vinci: A designer de games Jane McGonigal deu uma palestra na conferência TED sobre como utilizar os jogos para resolver problemas do mundo real. Nem precisa dizer que tem tudo a ver com o assunto do post, não é?

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>