• davinci1

Aplicativos que fazem a ponte entre o ambiente virtual e o mundo real

A separação entre mundo real e virtual está cada vez mais tênue. Especialmente com os gadgets usáveis, que vão desde o smartphone que as pessoas carregam para todo o lado até o google glass e smartwatches (como o recém-lançado Apple Watch), o tempo que passamos desconectados à internet está se reduzindo a quase zero. Pensando na conexão entre o mundo real e o ambiente virtual, novos aplicativos para celular permitem que você deixe mensagens digitais em lugares por onde passa.

Dois aplicativos novos querem que você se comunique mais com seus amigos que fazem os mesmos trajetos que você pela cidade: o Knit e o Traces.

Knit, com versão apenas para iOS, faz com que você deixe notas de texto por todos os lugares que quiser. Seus amigos na rede social podem ver as mensagens quando passarem pelo local, o que deixa a possibilidade para criar uma caça ao tesouro (atenção para quem gosta de ARGs!) ou deixar dicas sobre o que pedir em restaurantes e cafés que você curte. Já o Traces só está disponível ainda só no Reino Unido, também para iOS, e também estimula que os usuários deixem mensagens para seus amigos em lugares por onde passam. A diferença está que você pode deixar fotos, vídeos e músicas. Isso permite que você crie uma trilha sonora para uma vista bonita ou deixe uma foto para as pessoas que compartilham a casa com você, seja de amor ou passivo-agressiva: “da próxima vez, lave a louça” com foto da pia suja, por exemplo.

Se você quer se comunicar de forma anônima, o artista Hans Ulrich Obrist criou o Slight (também só pra iOS). Sem precisar se cadastrar nem nada, mensagens geolicalizadas podem ser “deixadas” em lugares onde passa. São como garrafas com cartas dentro no mundo virtual, prontas para serem entregues ao próximo que passar por ali. Também é possível votar nas melhores mensagens e receber notificações se alguém que está por perto deixa um comentário no aplicativo.

Outra artista que está enveredando pelo mundo dos aplicativos é Miranda July, que lançou esse mês o app Somebody. Assim como os outros deste post, ele tenta criar uma conexão entre o mundo físico e o virtual. A diferença é que o Somebody pretende ser como o whatsapp ou o serviço de mensagens de celular normal, sem geolocalização, mas com uma diferença: a mensagem que você envia para alguém é lida por algum outro amigo do destinatário. Funciona assim: você entra no app e escreve uma mensagem para alguém, indicando o tom que gostaria que falassem a mensagem. Aí outra pessoa do círculo de amigos do destinatário da sua mensagem deve escolher a sua para ler e gravar para seu amigo. Ou então você pode entrar na “nuvem de mensagens” enviadas por amigos de seus amigos e ler uma para eles. Parece complexo, mas na verdade pode ser divertido se muitas pessoas estiverem usando.

Aplicativos e dispositivos que conectam as instâncias digitais e físicas tendem a se multiplicar ainda mais, a linha que as separa está ficando cada vez mais tênue. O esforço pela integração tem até um nome em inglês: “internet of things”, a “internet das coisas”, que está presente também em dispositivos que controlam a casa, carros automáticos, lixos “inteligentes”, praças com wifi e tomadas… a lista é infinita e só tende a crescer.

Via: 1 2 3

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>