• 290113_1
  • 290113_2

A 11 mil metros de altitude: é namoro ou obra de arte?

Senhores passageiros, aqui quem fala é o comandante. Se vocês estão voando com a companhia Virgin Atlantic, terão a oportunidade de conhecer a primeira galeria que vende obras de arte nos céus. Se vocês voam com a Air New Zealand, que tal um encontro às cegas?

É isso mesmo. Duas companhias aéreas resolveram inovar nos seus serviços de bordo e surpreender os passageiros que partirem do Aeroporto de Londres no mês de Fevereiro.

A Virgin Atlantic vai exibir o trabalho do artista Ben Eine em seus aviões e em dois aeportos além do de Londres. Em terra firme ficarão as telas reais e durante o vôo os passageiros poderam fazer um tour virtual pela galeria e ver o making of de sua construção. E aqueles que quiserem adquirir as obras de arte, poderão fazê-lo no mesmo esquema de free shop.

Já a Air New Zealand está ligada no Valentine’s Day (o dia dos namorados para vários lugares do mundo). A companhia está convidado interessados em um encontro às cegas a se inscreverem em seu evento Blind Gate. Serão selecionadas 10 pessoas para conhecerem dois pretendentes. Depois de passarem por uma série de desafios, os casais formados seguirão em um voo de Londres para Los Angeles, onde irão passar 4 dias em uma espécie de reality show.

E aí, qual você escolheria para viajar?

Insight Da Vinci: Parece campanha de publicidade, só que a pegada é outra. Muitas empresas estão atualmente investindo nesse tipo de serviço que extrapola seu core business, mas traz conveniência e novos valores de marca para o consumidor. O que as companhias aéreas brasileiras tem feito nesse sentido?

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>