• 1
  • 2
  • 3

7 links inovadores e criativos de ou para mulheres

Mães empreendedoras. Google lança um programa de empreendedorismo baby-friendly. Mães que querem aprender sobre a área podem levar seus bebês para as salas de aula. A visão do programa é incentivar o empreendedorismo feminino e ajudar as mulheres em todas as fases da vida para iniciar seu próprio negócio relacionado à tecnologia: google.com.

Homenagem do Google. Ainda sobre o Google, o doodle feito para o Dia Internacional da Mulher traz nomes importantes para a história brasileira contemporânea. Entre eles, Maria da Penha, Viviane Senna, Marta Silva e Mara Gabrilli: techtudo.com.br.

Crítica criativa. As mulheres ainda possuem um longo caminho a percorrer quando o assunto é igualar os salários aos dos homens. Nesse vídeo, um estúdio sueco mostra o único jeito de acabar com isso: transformando a mulher em um homem. Todo o processo é uma grande crítica a um problema bastante real e presente na vida das mulheres: fastcocreate.com.

O problema não é só o salário. De acordo com um estudo recente, as mulheres não só possuem um salário menor do que o dos homens como o trabalho que fazem são mais desgastantes. Além disso, possuem menos segurança no trabalho, menos autonomia no tempo e são expostas a piores condições emocionais. Veja mais informações: fastcodesign.com.

Capas falsas alertam abusos reais. Capas de revistas femininas falsas ilustram o abuso diário cometido contra as mulheres. O projeto, chamado de Cover Stories (ou “histórias de capa”), tem a intenção de conscientizar a população acerca das questões ainda enfrentados por meninas e mulheres em todo o mundo: psfk.com.

Mulheres inventoras. Um estúdio criativo britânico criou adesivos para celebrar mulheres inventoras e suas invenções. Criado para a Johnson & Johnson, cada etiqueta caracteriza um item que foi inventado por uma mulher, como, por exemplo, Grace Murray Hopper, que criou a linguagem de computação COBOL: designtaxi.com.

Arte e luta feminina. Stop Telling Women to Smile (ou “pare de dizer às mulheres para sorrirem”) é o nome da exposição de Tatyana Fazlalizadeh na Betti Ono Gallery, na Califórnia. Na série, Tatyana se utiliza da arte urbana para tentar mostrar a realidade das mulheres com os assédios diário nas ruas: upworthy.com.

Que o 8 de março não seja feito apenas de flores, mas também de reflexões sobre a importância da data. Um bom final de semana!

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>